Archive

Archive for the ‘Dicas’ Category

Embarcando na Tourette

Um tempo atrás eu trabalhava como estagiário de RH de uma empresa de call center… que aliás, prefiro não divulgar o nome. Afinal, só faço boa propaganda de coisas fodas. E empresa que trata funcionário como lixo, também tem que ser tratada como tal.

Essa empresa fica – por enquanto – lá no Largo da Concórdia, ao lado da estação do Brás.

Aquela estação é um inferno… gente correndo de um lado pro outro, principalmente quando percebem – ou são avisados – que o trem está chegando ou saindo. Parece a farra do boi de Pamplona. E eu que não tinha nada a ver com aquela pica (que é do axpira), só tinha que desviar freneticamente do povão.

E o cheiro de pão de queijo então??? Mamma mia… que coisa nojenta, entrava até no cérebro.

E falando em cérebro, minha professora da faculdade falava muito dos livros do Oliver Sacks, um psiquiatra com histórias fantásticas. E a forma em que ele passa essas histórias pro papel é genial, aquilo é arte.

É uma leitura agradabilíssima e fácil, tanto para profissionais quanto para leigos… Eu tinha muita vontade de ler um livro dele, de tanto que ouvia na sala de aula.

E voltando ao Brás, não é só de caos que aquilo vive… dentro da estação existe uma das quatro bibliotecas gratuitas da parceria entre o Instituto Brasil Leitor e o Metrô-SP, chamada Embarque na Leitura.

 

Muitos livros bons

 

Dei uma parada lá e achei alguns livros do Sacks no catálogo… dia seguinte já levei as cópias de alguns documentos e fiz meu cadastro.

E já saí com o Um Antropólogo em Marte, que conta uns 7 casos passados pelo Sacks. Um deles contava a história de um cirurgião que sofria da Síndrome de Tourette.

Você conhece essa síndrome?

“A síndrome de Tourette ou síndrome de la Tourette, também referida como SGT ou ST, é uma desordem neurológica ou neuroquímica caracterizada por tiques, reações rápidas, movimentos repentinos (espasmos) ou vocalizações que ocorrem repetidamente da mesma maneira” – Wikipedia

O Oliver Sacks ficou muito interessado em saber como era possível que um Tourético pudesse exercer uma função tão precisa como a de um cirurgião, então passou a acompanhá-lo no seu dia-a-dia.

Para se ter uma idéia da gravidade da síndrome, dê uma olhada nesse vídeo:

 

 

Parece incontrolável, certo?

O cirurgião tinha uns espasmos tão repentinos e repetitivos, que parecia impossível ter condições de operar alguém. Mas era uma pessoa muito respeitada e requisitada, tanto que muitos queriam fazer cirurgias só com ele.

Quando estava concentrado na sua função, tudo corria tranquilamente… sem tiques, sem espasmos. Contanto que nada saísse do planejado, como alguma interrupção. Senão a síndrome atacava de novo.

Eu acho um tanto quanto aflitivo sempre que me coloco no lugar de uma pessoa que sofre disso. Principalmente por pensar que não se tem o que fazer, só conviver com o distúrbio.

Mas ficam as dicas aí… Embarque na Leitura, Oliver Sacks e os Touréticos.

Para muitos, novidades.

Clique nos links da biblioteca para ver em quais estações elas estão.

Dijon

Fiz um update no post Spice Burgers, pois recebi um e-mail da Karina Hosokawa, gerente da Aurora, distribuidora da Tabasco aqui no Brasil.

Felizmente, não é só com esse produto que eles trabalham… no e-mail ela me enviou também um site com muitas receitas para se fazer com a mostarda Dijon da Maille.

Eu fiquei babando, pois sou carnívoro de verdade… e o primeiro post do blog já é uma costelinha de porco com mostarda com mel… oh lôko bicho.

Ultimamente tenho aprendido a gostar de mostarda. Mas não qualquer mostarda, como aquelas que vão em qualquer x-salada, fiéis companheiras do catchup doce e aguado. To falando de mostarda BOA, tipo EXTRA FORTE mesmo.

Só de ver aqueles potes de mostarda no supermercado eu já imagino um lanchão do Bar Léo, lá no Centro de SP – que eu copio muito bem aliás.

Como eu falei anteriormente, coisa foda eu faço propaganda mesmo… e se cozinharem alguma coisa que tem nesse site, podem me chamar!!!

Para conferir as receitas é só clicar AQUI e ser feliz… ou frustrado, como eu aqui.

Só pra passar vontade...

Ps.: Preciso desses milhões de potezinhos para ingredientes.

Shot In The Head

22/09/2010 1 comentário

Estava lendo em um blog novo (pra mim) uma receita que, segundo o autor, é tiro e queda na hora de dormir.

Ainda não testei, mas estou com uma vontade de inventar uma desculpa pra dormir… hummm.

Mas vamos direto ao assunto…

Ingredientes:

– Uma dose de café forte e sem açúcar;
– Uma dose de cachaça da boa.

Mistura os dois em um copo americano – de preferência – e manda vê.

Não deve ser aquele gosto tããããão agradável, por mais que ambos os produtos sejam de qualidade.

Cachaça e café mineiros... eita vida boa na roça!

Eu já quero testar essa receita… pegar um Café Carmo de Minas e uma Cachaça do Tio Júlio. Coisa finíssima por tradição. Ambos produtos de Carmo de Minas, Sul de Minas Gerais.

Aliás, a cachaça não tem site… mas o café tem.

Pra quem gosta, a dica é ótima… só clicar aqui: Café Carmo de Minas

Bons sonhos…

Retirado na cara dura daqui


Spice Burgers

18/09/2010 4 comentários

Essa semana eu estava em algum canto da cidade perto do Brooklin (em São Paulo, não em New York) e estava morrendo de fome. Então sai caçando uma padaria, botecão, o que fosse.

Da esquina vejo uma casinha verde… alguma coisa Burger.

Original Burger – Estilão americano, e se tem alguma coisa que americano entende muito é de hamburgers. Eu, como um bom americano que sou, resolvi experimentar.

-Hummm, vamos ver o cardápio.

‘The Original Burger – O carro chefe da casa. Um suculento hamburger de picanha (150 gramas), queijo, alface, cebolas picadas e um molho especial que é segredo da casa. E aí, vai encarar?’

Eu pensei: Aí mano, como assim “vai encarar”, ta tirando??

– Manda esse Original aí… ao ponto, com queijo prato e salada.

10 minutos depois já estava meu hamburgão lá… e ao lado da mesa mais uma novidade – um super kit Tabasco, com 5 tipos diferentes. Original Red que todo mundo conhece, Jalapeno Green que é mais fraquinho, Garlic que é uma mistura de alho e 3 tipos de pimenta, Habanero que mistura várias frutas com pimenta jamaicana (forte!) e Chipotle que é um Tabasco de jalapeño defumado, a melhor na minha opinião.

Kitzinho staile, pra todos os gostos

Agora estou em busca desse kitzinho… no site da Tabasco eles informam que a Aurora representa eles aqui no Brasil.

E já que falei da Tabasco, sabia que a Pimenta Vermelha, que é a pimenta da Original Red, é brasileira? Eles buscavam aqui, produziam lá e voltavam com o vidrinho pra vender pra nós. De qualquer forma, fazem isso muito bem.

No site deles têm coisas MUITO lokas, vale a pena dar uma olhada.

Então… quem estiver passando pelo Brooklin e curte Hamburger e pimenta, vale a pena dar uma passada no Original Burger.

1/4 do lanche

Coisa foda assim eu faço propaganda mesmo.

Uptade: A gerente da Aurora, Karina Assami Hosokawa, entrou em contato comigo por e-mail e me informou que esse kit está disponível para a venda, provavelmente no fim de Outubro. Chamado de Kit 5 Sabores Tabasco, será lançado em edição limitada.